image          

Recursos estaduais garantem asfalto em Viseu, Augusto Corrêa e Tracuateua

Crédito/fonte: Por Natália Mello / Agência de Notícias - Data: 16 de junho de 2018


image

Novos convênios para a realização de obras e serviços na área de infraestrutura, educação e saúde foram assinados nesta quinta-feira, 14, em Viseu, Augusto Corrêa e Tracuateua, localizados na região nordeste do Pará. A ação faz parte da estratégia do Governo do Estado de fortalecimento da gestão municipal por meio da integração entre prefeitura e a Estado. A parceria foi firmada por meio de ordem de serviço (OS) assinada pela secretária extraordinária dos Municípios Sustentáveis, Izabela Jatene e dos prefeitos dos três municípios.

Viseu foi o primeiro município a receber a comitiva, formada também pelo líder do Governo na Assembleia Legislativa do Pará (Alepa), Eliel Faustino; o senador Flexa Ribeiro e o presidente da Alepa, o deputado Márcio Miranda. O evento foi na sede da Associação Bom Parto, no bairro Fazendinha. Na ocasião, foi assinado convênio para 4 km de pavimentação asfáltica, 2 km para no distrito de Fernandes Belo e outros 2 km no distrito de Açaiteua.

Já durante o evento em Augusto Corrêa, realizado no Centro Nossa Senhora de Nazaré e no Hospital Municipal, o prefeito Filho Barreto lembrou que o município sempre foi beneficiado com obras pela gestão estadual. Desta vez, além do investimento de quase R$ 2 milhões em 4 km de pavimentação, o Governo do Pará também conseguiu um convênio para o asfaltamento da PA-462, que liga o município à Viseu, e ainda a reforma de duas escolas estaduais, o que totaliza cerca de R$ 35 milhões em recursos.

“O asfalto de 4 km das nossas ruas vai melhorar a qualidade de vida do nosso povo. Além disso, também teremos a reconstrução de duas escolas. Ficamos felizes em saber que o Governo é um parceiro. E depois de hoje, sabemos que vamos ter a nossa PA-462 com pontes de concreto e pavimentada. Isso realmente está próximo”, afirmou o prefeito, Filho Barreto.

A secretária Izabela Jatene explicou que os recursos nada mais são do que um retorno para o contribuinte. “Agradeço primeiro a oportunidade de um município tão querido receber esse grupo que tem, sobretudo, uma grande missão: nós todos somos servidores públicos e, como servidores públicos, temos a missão de servir a população, e hoje estamos prestando conta do imposto que cada paraense paga”, pontuou.

Izabela lembrou que o convênio para a reforma das escolas não poderia ser assinado se as contas do município não estivessem em dia, visto que o Governo entra com uma grande parcela de recursos, mas o município precisa entrar com a contrapartida e, para isso, precisa estar com as contas equilibradas. A secretaria falou ainda da importância da parceria entre o governo estadual e o municipal.

“A pavimentação urbana, por exemplo, é saúde, é redução dos índices de doenças respiratórias. É por isso que temos que avançar para a frente das comunidades da (rodovia) PA. Esse é um dos maiores investimentos que o Estado está fazendo na infraestrutura. Na frente das vilas vamos trabalhar a questão da pavimentação, vamos fazer a reconstrução das dez pontes que serão de concreto, que hoje são de madeira. Mas o governador não faria isso sozi nho”, reforçou.

Ainda em Augusto Corrêa, no Hospital Municipal foram entregues um desfibrilador e dois monitores cardíacos.

Qualidade de vida

O médico e deputado Márcio Miranda reafirmou um ponto importante que é consequência indireta da pavimentação das ruas: a saúde. Ele explicou que, com uma rua asfaltada, há menos poeira e, com isso, é possível diminuir os índices de doenças respiratórias e melhorar a qualidade de vida da população.

“Tenho certeza que a cidade já avançou bastante com esses 4 km e vai avançar muito mais. Mas não é só isso, temos as escolas estaduais Professor Galvão e André Alves, que somam um investimento de quase R$ 6 milhões. Serão escolas grandes e modernas. E temos ainda o convênio da PA-462. Agora é verdade, todos que conversaram comigo falavam dessa estrada. Ela é importante para quem mora na zona rural. As pontes de madeira colocam em risco a vida das pessoas que moram na zona rural. As dez pontes serão feitas de concreto e passam em 14 vilas do município, e a frente de todas essas vilas vai receber asfalto”, afirmou o deputado.

Em Tracuateua, o evento ocorreu no Salão da Marujada. O prefeito Tamariz Cavalcante comentou o trabalho da prefeitura realizado na área de saúde, e que os 4 km de asfaltamento irão contribuir com outra reivindicação dos moradores do município.

“Com o nosso inverno é rigoroso e ficou difícil. Gastamos recursos com a manutenção das estradas, porque não são asfaltadas. A secretária Izabela, à frente de vários recursos que estamos lutando para trazer para Tracuateua, é uma das responsáveis por esses 4 Km de asfalto que vamos trazer para o município. Um presente para nós. Com isso, vamos conseguir atender um dos bairros mais populosos daqui”, declarou o prefeito.

Vindo de Marituba, o técnico em segurança pública, Jean Carvalho conta que tem uma relação próxima com a cidade devido à sua família ser de Tracuateua. Ele está há oito anos na cidade de seus pais. É morador do bairro citado pelo prefeito, Nova Esperança, e conta o que o asfalto vai contribuir com a melhoria de vida dele e das outras pessoas que moram na área.

“Moro em uma rua sem asfalto. Quando chove sei das dificuldades que as pessoas têm de passar. É uma via muito movimentada. Tenho certeza que vai ser uma alegria para a população ver essa via asfaltada, porque o bairro precisa muito. Isso é uma melhoria para qualidade de vida da gente. O dono de mercadinho, por exemplo, vai ter menos dificuldade para chegar com seus produtos e os moradores terão a facilidade do acesso”, comemora.

O município também receberá em breve uma patrulha mecanizada para contribuir com o trabalho da prefeitura na agricultura familiar, muito forte em Tracuateua.

“Temos uma grande oportunidade sim de ter no Pará um parlamento que foi parceiro do governador em todos os momentos. Por isso, hoje podemos voltar aos municípios e olhar no olho dos paraenses e de quem escolheu esse estado para viver e dizer que estamos fazendo o máximo que pudemos. Nós estamos resgatando a confiança. Então obrigada pela oportunidade de construir essa agenda com o município de vocês”, concluiu Izabela Jatene.

Os eventos também contaram com a participação da ex-secretária adjunta de Estado de Saúde, Heloisa Guimarães; o presidente da Câmara de Vereadores de Augusto Corrêa, Ivonaldo Barreto; o vice-prefeito de Bragança, Mario Júnior; o vice-prefeito de Tracuateua, Zezinho Costa, além de vereadores e outras autoridades destes três municípios.





Bragança abre os festejos juninos com valorização da música e artesanato regional

Crédito/fonte: Por Thays Rosario / Agência de Notícias - Data: 11 de junho de 2018


image

O município de Bragança abriu, nesta quinta-feira, 7, o XXX Festival Junino da cidade. Promovido pela Prefeitura Municipal, segue até 11 de junho, na Estação Cultural Armando Bordallo, renovando a tradição de três décadas, que tanto encanta os bragantinos e turistas. A rainha do carimbó chamegado, Dona Onete, é uma das atrações confirmadas desta edição, além de outras participações nacionais e locais, quadrilhas, cordões-de-pássaros e bois-bumbás.

O imenso arraial, repleto de barracas de gastronomia, também contará com a Casa do Xote, de fomento ao xote bragantino; a Casa Caeteuara, destinada à produção do criativo artesanato local; a Taberna Caeté, onde estarão à venda produtos bragantinos produzidos e comercializados em escala; e ainda a Casa da Farinha, com o produto cuja qualidade tem reconhecimento internacional e é notoriamente diferenciada das farinhas produzidas em outros municípios.

De acordo com Fabrícia Guimarães, secretária municipal de Cultura e Turismo, o evento já se consolidou como o marco de abertura das programações de junho, tanto da cidade quanto da região Rio Caeté. “Bragança faz a abertura para os demais municípios realizarem os seus nas semanas seguintes. Buscamos realizar um evento grandioso e de resgate da cultura dos pássaros e dos bois, já que são poucos municípios que resgatam essas manifestações populares”, declarou.

Ainda segundo Fabrícia Guimarães, o festival traz benefícios em diversos setores, principalmente o turismo e o comércio no município. “A repercussão turística é bastante positiva. Nossa rede hoteleira está com suas vagas limitadas, pois a procura tem sido grande. Os comerciantes se prepararam com bastante antecedência para atender as demandas do festejo. Tudo foi organizado com muita dedicação para que todos os participantes possam aproveitar este momento em família”, convidou.

O XXX Festival Junino de Bragança conta com a parceria do Ministério do Turismo, por meio do programa de apoio para eventos geradores de fluxos turísticos, e dispõe de apoio do Sebrae, pelo serviço de ambientação e qualificação do evento.

* Com informações da Secretaria Municipal de Cultura e Turismo de Bragança.





PUBLICIDADE CB NEWS

image

Previsão de Tempo CPTEC/INPE

Parceiros Correio Bragantino News

Click aqui !!!
Rádio Ajuruteua transmitindo sua programação musical com qualidade sonora de 96 kbps AAC+. Click no banner e acesse o site da emissora

Parceiros - Correio Bragantino News

Publicidade
Saiba mais sobre a Agencia Viajar Turismo clicando AQUI ...

Sites de Rádios e Serviços Regionais

- Emissoras de Rádios AM e FM e serviços de Som da cidade de Bragança-Pará