image          

Secult lança edital para reconstrução do monumento de São Benedito

Crédito/fonte: Úrsula (SECULT) / Agência de Notícias - Data: 13 de junho de 2019


image

O Governo do Pará, por meio da Secretaria de Estado de Cultura (Secult), lançou nesta quarta-feira (12), o edital de seleção prêmio são benedito de cultura popular, denominado Prêmio São Benedito de Arte Popular. O objetivo é selecionar o protótipo que servirá de base para a reconstrução do monumento do mirante de São Benedito, no município de Bragança/PA, buscando estimular e valorizar a produção de escultores e artistas da arte popular de todo o Estado, incentivando a participação da população na escolha da imagem premiada, como fomento ao processo democrático de intervenção em espaços públicos.

As inscrições iniciaram nesta quarta-feira (12) e seguem até 28 de junho. Para participar, é necessário que o artista apresente um protótipo - uma escultura de 30 a 40 cm - e a documentação exigida no edital. As esculturas pré-selecionadas serão expostas no Museu da Marujada, no período de 6 a 21 de julho, para que a própria população de Bragança escolha a obra que será reproduzida em escala monumental.

O resultado final da eleição popular será anunciado no dia 24 de julho e a escultura vencedora receberá uma premiação no valor de R$ 8mil. Selecionada a escultura base, a realização da obra de reconstrução estará a cargo da Secretaria de Obras Públicas (Sedop).

De acordo com Ursula Vidal, secretária de Estado de Cultura, a intenção é valorizar a produção dos artistas paraenses e os aspectos desta prática cultural. "O monumento de São Benedito está relacionado à religiosidade da população de Bragança, que tem na Festa da Marujada, em dezembro, o seu momento mais singular, mais luminoso", e concluiu. "Queremos devolver aos bragantinos essa imagem tão simbólica, instalada no Mirante, que tem a vista mais linda de Bragança e é lugar de peregrinação e visitação turística. Portanto, mesmo diante da dor da perda causada pelo desabamento da imagem, é uma alegria para o Governo do Pará devolver à população de Bragança, antes da Marujada - realizada no período do Natal - o monumento do Santo Preto para abençoar todas as marujas e marujos", finalizou.

Inscrição - Podem participar da seleção pessoas físicas, maiores de 18 (dezoito) anos e cada proponente poderá apresentar apenas 01 (uma) proposta. Os interessados deverão apresentar no Protocolo da Secult, no período de 12 a 28 de junho de 2019, das 9 às 17h, os documentos dentro de uma única embalagem (pacote ou caixa) lacrada com: imagem tridimensional – uma escultura – conforme descrita no objeto do edital, medindo no mínimo 30 cm e máximo de 40 cm de altura, com material rígido e estável (cerâmica, madeira, gesso, dentre outros) e um envelope contendo ficha de inscrição devidamente preenchida e assinada; relatório das diversas fases do processo de feitura da imagem; declaração de autoria; histórico de realizações na área; documentação básica contendo a cópia de documento de identificação (com foto), CPF e PIS/ PASEP/ NIT e comprovante de residência.

A inscrição é gratuita e deve ser feita presencialmente, no protocolo da Secult (Av. Magalhães Barata, 830). É imprescindível que antes de dar início aos procedimentos de inscrição, os interessados leiam o edital, diretamente no site da secretaria. Mais informações pelo telefone (91) 4009-8466.

Baixe aqui o edital de seleção prêmio são benedito de cultura popular e os anexos:

- Anexo I - Ficha de inscrição
- Anexo II_Declaração de autoria e responsabilidade





Três municípios do nordeste firmam acordo para implantar aterro sanitário

Crédito/fonte: Fábio Nóvoa (SEDOP) / Agência de Notícias - Data: 11 de junho de 2019


image

O protocolo de intenções para a formalização do consórcio para a Gestão Integrada de Resíduos Sólidos já foi assinado pelas prefeituras de Tomé-Açu, Acará e Concórdia do Pará, no nordeste paraense. O protocolo permitirá a realização de um estudo técnico para melhorar a destinação dos resíduos na região, que deve resultar na implementação de um aterro sanitário.

A parceria, firmada no último dia 06 de junho (quinta-feira), visa promover a adequada destinação do lixo gerado pelas três sedes municipais, de acordo com a Lei Nacional de Resíduos Sólidos. O Consórcio Intermunicipal garante que as administrações municipais possam reduzir os custos e garantir o cumprimento da lei.

A Secretaria de Estado de Desenvolvimento Urbano e Obras Públicas (Sedop) fará a execução e o acompanhamento da obra, dentro da Política Estadual de Saneamento Básico, por meio de convênio para cooperação técnica na implementação do Consórcio Municipal, também assinado no mesmo dia no auditório da Sedop, em Belém, com a presença dos prefeitos e do secretário Ruy Cabral, e outras autoridades municipais.

Ruy Cabral informou aos administradores que a equipe do Governo do Estado está sempre à disposição das prefeituras. "Nós estamos aqui para trabalhar ao lado de vocês. Que a vontade do povo seja feita a partir de agora", afirmou o titular da Sedop.

Já o prefeito de Concórdia do Pará, Elias Guimarães, declarou que "nós precisamos estar juntos nisso, não só pela legislação, mas pela necessidade dos municípios. É um problema de difícil solução, mas precisamos pôr em prática esse sonho antigo".

Saúde pública - Segundo a prefeita de Tomé-Açu, Aurenice Ribeiro, destacou a importância da parceria firmada. "A nossa união, com o Governo do Estado nos ajudando, é um importante primeiro passo para resolvermos um problema que também é de saúde pública", ressaltou. Amanda Oliveira, prefeita de Acará, também reiterou que a questão do lixo é antiga, acrescentando que "é preciso ter consciência de que precisamos melhorar esses serviços em favor da população. É isso que estamos tendo aqui". Juntos, os municípios produzem cerca de 50 toneladas de lixo diariamente, e ainda mantêm depósitos ao ar livre.

Com a recente mudança na lei que estabelece o Marco Regulatório do Saneamento, os municípios com população entre 50 e 100 mil habitantes têm até 2 agosto de 2023 para pôr fim aos lixões e implementar alternativas, como os aterros sanitários. Já para as cidades com menos de 50 mil moradores, o prazo terminará em 2024.





31º Festival Junino de Bragança

Crédito/fonte: Site PMB / Agência de Notícias - Data: 09 de junho de 2019


image

Sucesso total a abertura do 31º Festival Junino de Bragança, evento realizado pela Prefeitura Municipal de Bragança, através da Secretaria Municipal de Cultura, Desportos e Turismo. Bois bumbá e shows musicais animaram a primeira noite da programação, além da Casa do Xote, Casa Caeteuara e Casa da Farinha, atrativos que garantiram o entretenimento do grande público.

O que não faltam são opções para se divertir no 31º Festival Junino de Bragança. Enquanto os bois bumbá Lombo Dourado, Pérola do Caeté, Promesseiro do Treme, Mimoso Bragantino de São João e Famoso se apresentavam no Palco da Cultura Popular, destinado às manifestações folclóricas, o cantor Daniel do Acordeom animavam a Casa do Xote, cujo salão permaneceu cheio de brincantes por toda a noite. E quem aproveitou para cair na dança foi o casal Mário Jorge Costa do Rosário e Maria Alice Gomes, que espera avidamente o Festival Junino todos os anos, para aproveitar a Casa do Xote, para eles, o atrativo mais interessante do evento. “Parece mentira, mas, em Bragança, terra do xote, não se toca mais xote nas festas. Por isso, a gente espera por esse momento o ano inteiro e vêm todos os dias se divertir aqui na Casa do Xote, a melhor opção de lazer da cidade durante a quadra junina. Isso é um verdadeiro resgate da cultura caeteuara”, opinou Mário Jorge.

A Casa da Farinha e a Casa Caeteuera são dois atrativos singulares, tipicamente bragantinos, jamais encontrados em outros festivais juninos do país. Quem visita a Casa de Farinha, pode acompanhar a confecção da tradicional farinha de Bragança em um tacho, da mesma maneira que o produto é preparado na zona rural. Além de expor para a venda a farinha recém preparada, há também a venda de massa de mandioca, para fazer mingau e bolo. A Casa Caeteuara também é única em matéria de festivais juninos. Lá estão expostos para venda artesanatos e produtos alimentícios orgânicos, feitos na zona rural de Bragança. “Bragança é um município culturalmente muito rico e que produz artigos muito peculiares ao seu povo, por isso, nos diferenciamos de tantos outros, a exemplo da nossa Casa do Xote, da Casa da Farinha e da Casa Caeteuara, atrativos originais, típicos de um lugar que tem identidade adquirida ao longo de mais de 400 anos de história”, argumentou o vice-prefeito e secretário municipal de Saúde, doutor Mário Junior.

Após as apresentações dos bois bumbá, as atenções se voltaram para o palco principal, onde o DJ Eduardo Beats deu início à sua performance, animando a platéia, para em seguida o cantor Sidney Maion dar início à sua apresentação, que contagiou a todo público presente. Entretanto, o show mais esperado foi o que encerrou a programação do primeiro dia: Daniel do Acordeom e banda. O prefeito Raimundo Nonato participou da noite de abertura do 31º Festival Junino, juntamente com a primeira-dama, Eliena Ramalho, e estava feliz com o resultado da realização. “É muito bom ver a população se divertindo com segurança, desfrutando da cultura local, na companhia de familiares e amigos. Quero parabenizar a todos os evolvidos na organização do evento e desejar a todos os bragantinos uma quadra junina cheia de paz, amor e muita alegria”, concluiu o prefeito.





PUBLICIDADE CB NEWS

image

Previsão de Tempo CPTEC/INPE

Parceiros Correio Bragantino News

Click aqui !!!
Rádio Ajuruteua transmitindo sua programação musical com qualidade sonora de 96 kbps AAC+. Click no banner e acesse o site da emissora

Parceiros - Correio Bragantino News

Publicidade
Saiba mais sobre a Agencia Viajar Turismo clicando AQUI ...

Sites de Rádios e Serviços Regionais

- Emissoras de Rádios AM e FM e serviços de Som da cidade de Bragança-Pará