image          

Transporte escolar de vinte municípios ganha reforço com novos veículos

Crédito/fonte: Por Lidiane Sousa / Agência Pará de Notícias - Data: 19 de agosto de 2017


image

Estudantes de vinte municípios paraenses terão mais conforto e segurança no deslocamento para a escola com os novos ônibus escolares entregues a prefeituras do interior. A aquisição dos veículos é fruto de emenda do senador Flexa Ribeiro (PSDB-PA), totalizando um investimento de R$ 3,2 milhões, pleiteados junto ao Ministério da Educação. O repasse dos veículos foi feita na manhã desta sexta-feira (18), no Palácio do Governo, em Belém. A cerimônia contou com a presença do governador Simão Jatene, representantes municipais e parlamentares.

“A educação forma o cidadão e todo e qualquer investimento nessa área deve ser comemorado por todos. Precisamos investir para que as novas gerações possam usufruir das oportunidades. Essa emenda não é minha, é de todos. É um apoio que estamos dando para garantir a continuidade das ações previstas no Pacto pela Educação e para que o Estado siga progredindo, melhorando a qualidade de vida de todos os paraenses”, afirmou Flexa Ribeiro.

“A emenda foi apresentada pelo senador Flexa, em um gesto que vai na direção de tudo aquilo que acreditamos que é necessário para que a gente melhore a qualidade da política, pois assume que o recurso é coletivo. Os governos não têm dinheiro. É o bolso do cidadão que financia tudo, por meio do pagamento de seus impostos”, destacou o governador Simão Jatene.

Os veículos beneficiam alunos da rede estadual em várias regiões paraenses. A ação soma-se ao Programa de Melhoria da Qualidade e Expansão da Cobertura da Educação Básica, desenvolvido pelo Governo do Pará no âmbito do Pacto Pela Educação. Em 2013, outros 146 ônibus escolares adquiridos com recursos federais foram entregues pelo governo do Estado, por intermédio da Secretaria de Estado de Educação (Seduc), a prefeituras do interior.

Ao destacar a importância da melhoria da educação no Estado, o governador reforçou que é preciso um esforço conjunto para manter o ritmo do crescimento, inclusive com a captação de mais investimentos. “Esses ônibus representam um ganho significativo para todos esses municípios, mas tenho a clareza que ainda não é o ideal. A União assegura para o transporte escolar um valor que não chega a R$ 1 por aluno. O Estado põe mais dois, porém ainda temos que nos esforçar muito. Lamentavelmente, a forma como se faz política nesse país ainda é atrasada, no sentido de melhorar não só a captação de recursos, como a divisão deste pela própria sociedade”, avaliou o governador.

Ao todo são investidos R$ 375,00 per capita/ano no serviço de transporte, que em grande parte é operado mediante convênio com os municípios. A cobertura dos custos desse serviço recebe, atualmente, um complemento do governo federal, no valor de R$ 145,91 per capita/ano. Os convênios com as prefeituras, atualmente, somam quase 50 milhões, enquanto o governo federal repassa pouco mais de 10 milhões por ano.

A secretária de Educação, Ana Claudia Hage, festejou a entrega. “Os ônibus fazem parte da infraestrutura educacional que contribui para a permanência dos alunos na escola, impactando na redução da evasão e da repetência”, disse. Essa freqüência é fundamental para o melhor rendimento dos alunos não só nas provas de rotina, mas em outras avaliações. Em novembro, os estudantes paraenses serão submetidos à Prova Brasil e a eficiência no teste vai apontar a nova posição da educação do Pará no índice de Desenvolvimento da Educação Básica (Ideb).

Melhorias - A prefeita de Faro, Jade Abreu, afirma ter realizado um grande sonho com a chegada do veículo escolar, o primeiro recebido pelo município. “Temos escolas municipais e estaduais no município que nunca tiveram o privilégio de ter um ônibus escolar desse tipo. E a alegria é melhor por ter vindo pelas mãos do senador Flexa, um filho ilustre da nossa terra”, comemorou.

“Teve uma criança que chegou a me pedir pra que eu conseguisse um ônibus escolar porque ele é deficiente e não tinha como ir à escola. Quando esse ônibus chegar lá na comunidade, vai ser uma alegria muito grande, não apenas para ele, mas, para todas as crianças que precisam e que agora passam a contar com esee veículo”, complementou a prefeita Jade Abreu.

Trairão, no oeste paraense, também foi contemplado. Segundo o prefeito Valdinei Ferreira, o veículo vai beneficiar alunos de várias comunidades do município, trazendo mais segurança e comodidade. “Esse ônibus vai trazer um benefício muito grande para os estudantes da nossa cidade. Com certeza eles ficarão gratos pela conquista. O veículo vai transportar os alunos da comunidade do Aruri, passando por Três Bueiras, Santa Luzia, Planalto até o distrito Caracol”, contou o gestor, destacando a importância e abrangência da utilização do ônibus escolar.

Além de Faro e Trairão, também receberam os ônibus escolares os municípios de Acará, Ananindeua, Baião, Bragança, Floresta do Araguaia, Mãe do Rio, Marabá, Mojuí dos Campos, Novo Progresso, Pau D’Arco, Rio Maria, Rondon do Pará, Salvaterra, São Miguel do Guamá, Sapucaia, Senador José Porfírio, Vigia e Xinguara.

Também participaram da cerimônia o deputado estadual Celso Sabino, representando o presidente da Assembleia Legislativa, Márcio Miranda; os deputados estaduais Thiago Araújo, Miro Sanova e Eliane Lima, o deputado federal Nilson Pinto; o chefe da Casa Civil do Estado, José Megale, entre outros secretários de Estado e autoridades locais.





Municípios paraenses recebem novos modelos de ambulâncias

Crédito/fonte: Por Silvia de Souza Leão / Agência Pará de Notícias - Data: 16 de agosto de 2017


image

O Governo do Pará repassou, para quatro municípios paraenses, novos modelos de ambulâncias de alta resolução. São as primeiras entregas feitas pelo Departamento de Administração da Secretaria de Estado de Saúde Pública (Sespa). As ambulâncias trazem um novo design de transporte de saúde, capaz de transportar um paciente e mais quatro acompanhantes ou integrantes da equipe médica. Nesta quarta-feira, 16, o município de Jacundá recebeu o veículo, fruto de emenda parlamentar. Nos dias 24 e 31 de julho foram os municípios de Pacajá e Xinguara, respectivamente. Esse novo modelo também foi entregue, no final de julho, para a Santa Casa de Misericórdia pelo governador do Estado, Simão Jatene.

Orçado em R$ 145.500,00 mil cada, as ambulâncias de grande porte – que podem ser Unidade de Terapia Intensiva (UTI) Móvel – são um investimento total de R$ 582 mil reais. Só no primeiro semestre de 2017, o Governo entregou 33 ambulâncias tipo A, três ambulâncias tipo B, duas ambulanchas e quatro equipamentos da área de saúde. Um valor de mais de R$ 3 milhões, fruto de emendas parlamentares dos deputados estaduais e duas de emendas governamentais.

O prefeito de Jacundá, Ismael Gonçalves Barbosa, agradeceu ao Governo do Estado que, através da emenda parlamentar do deputado estadual Miro Sanova, pode destinar o veículo para melhoria na saúde de mais de 56 mil pessoas que vivem naquela região. “Nós temos muitas dificuldades, principalmente na área de transporte de pacientes, porque nós recorremos aos municípios de Tucuruí e Marabá, quando é preciso de um maior tempo de internação”, disse o gestor.

Longa distância - Com uma população estimada em 43 mil habitantes, o município de Xinguara está localizado em um trevo que liga o oeste e o norte do Estado. “É uma ambulância de grande valor, pois nós temos quatro distritos de longa distância, uma média de 100 km da nossa sede. Então esse transporte vai poder atender o nosso povo, levar nossos pacientes de Xinguara para o Hospital Regional em Redenção”, destaca o prefeito Osvaldinho Assunção.

Para o deputado Miro Sanova, essa parceria entre os poderes Legislativo e Executivo é muito importante. “Nós do parlamento estamos atentos aos prefeitos que estão trabalhando em suas sedes e fazendo esse contato com quem está aqui na base para poder somar com o trabalho de ambos. Assim, o Executivo Estadual e o Executivo Municipal cumprem com os compromissos diante da sua população e todos saem ganhando”, destacou.

Sudoeste paraense - A malha viária de estradas vicinais é muito grande e Pacajá, que hoje tem 5 mil quilômetros de estradas, foi o primeiro município a receber esse novo modelo de ambulância. Segundo o prefeito da cidade, Francisco Rodrigues de Oliveiro, isso é um complicador muito maior quando se trata de locomoção para pessoas doentes. “A maior dificuldade é a remoção do paciente da sede do município para os hospitais regionais. Então, oferecer ao paciente mais conforto, mais dignidade é um dever nosso por conta dessa distância. E é isso que a partir de agora iremos oferecer ao nosso povo”, atestou.

A deputada Eliane Lima, autora da emenda parlamentar, também comemorou a entrega da ambulância. “Este é mais um equipamento de ótima qualidade que estamos entregando em parceria com o Governo do Estado, desta vez ao município de Pacajá, que vai auxiliar e muito no transporte de pacientes para o local de tratamento”, disse.

Características - As ambulâncias tipo B entregues são tipo furgão, com tração nas quatro rodas dianteiras ou traseiras, direção hidráulica, movida a óleo diesel, compartimento de carga a partir de 10,5 m³, porta lateral de correr com janela para ventilação forçada, duas portas laterais na parte dianteira e duas portas de abrir na parte traseira. Entre outros itens, contém armário na lateral esquerda superior, revestimento em piso de borracha antiderrapante com vedação, luminária de teto com acionamento na lateral direita do veículo, iluminação independente da cabina, sirene eletrônica, sinalizador óptico acústico, banco tipo baú com três lugares com cintos de segurança, colchonete em material lavável, suporte para cilindro de oxigênio, com cilindro de oxigênio portátil, suporte para soro/sangue; maca tubular articulada com rodas e cinto de segurança, além de corrimão de teto.





Seduc apresenta a gestores municipais o Sistema Educacional Interativo

Crédito/fonte: Por Elck Oliveira / Agência Pará de Notícias - Data: 15 de agosto de 2017


image

A Secretaria de Estado de Educação (Seduc) apresentou nesta segunda-feira (14), a prefeitos e representantes de municípios de várias regiões do Estado, o Plano de Implementação do Ensino Médio Presencial com Mediação Tecnológica, denominado Sistema Educacional Interativo (SEI), que está sendo implantado no contexto de estratégias de ampliação da educação básica paraense.

Na reunião foi apresentada a minuta de um convênio a ser assinado, em meados de setembro, entre o Estado e os municípios. O documento garante a participação das prefeituras no plano, que vai levar o ensino médio regular a 145 localidades rurais de 30 municípios.

A reunião teve a participação do secretário adjunto de Ensino da Seduc, José Roberto da Silva, e do chefe do Escritório de Projetos da Seduc, Paulo Machado, que gerencia os projetos financiados pelo Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID), e da coordenadora do SEI, Vânia Leal. Macho fez uma explanação sobre os paradigmas do SEI que a Seduc foi buscar no Estado do Amazonas e cujo modelo já vem sendo usado há mais de dez anos.

Metodologia – Operado pela área de ensino da Seduc, o SEI foi concebido no âmbito do Programa de Melhoria da Qualidade e Expansão da Cobertura da Educação Básica, idealizado no contexto do Pacto Pela Educação. O sistema receberá um investimento de R$ 15,3 milhões só em tecnologia de transmissão, produção de aulas com suporte de mídia e sistemas de recepção pelas salas de aula.

Trata-se de uma mova metodologia do ensino médio regular, já aprovado pelo Conselho Estadual de Educação, que atenderá estudantes de 145 comunidades de 30 municípios. “As localidades foram escolhidas a partir de critérios como o baixo Índice de Desenvolvimento Humano (IDH) da população e difícil acesso, além de outras informações encontradas no último Censo Escolar”, disse a diretora de Ensino Médio e Profissionalizante da Seduc, Joseane Figueiredo. O SEI é uma metodologia de ensino que vai atender alunos concluintes do ensino fundamental em comunidades rurais, onde não há oferta do ensino médio, a demanda é superior ao número de vagas oferecidas e o acesso de professores é difícil.

Recursos humanos – Joseane Figueiredo falou ainda sobre a contratação dos professores que trabalharão no projeto. Serão 38 professores ministrantes (aqueles que prepararão as aulas a serem transmitidas a partir do estúdio em Belém) e mais 290 que atuarão como assistentes dos alunos na sala de aula. Em setembro, a Seduc vai abrir um processo seletivo Interno para preencher as vagas; dos candidatos será exigida uma especialização.

O titular da Coordenadoria de Recursos Técnicos e Informática da Seduc, Jorge Andrade, demonstrou os aspectos tecnológicos. As aulas serão transmitidas em tempo real, em três turnos, via satélite, para as 145 salas de aula que serão instaladas dos 30 municípios contemplados pelo projeto. As salas ficarão em escolas municipais, conforme termos do convênio a ser assinado. Segundo o secretário adjunto de Ensino da Seduc, José Roberto da Silva, as aulas regulares do SEI começam em janeiro de 2018 para os alunos do primeiro, segundo e terceiro ano do ensino médio. Em caráter experimental serão ministradas aulas para os alunos que estão se preparando para a Prova Brasil, em novembro.

Os representantes dos municípios que estiveram presentes à reunião receberam um kit com os documentos que formalizam o convênio com o governo do Estado. O secretário municipal de Educação de Muaná, Guilherme Cobel, saiu entusiasmado: “No caso de Muaná, esse projeto será de extrema importância, pois temos localidades que ficam muito distantes da sede do município. Facilitar o acesso desses estudantes ao ensino médio de qualidade será um grande passo para melhorar a educação”, avaliou.





PUBLICIDADE CB NEWS

image

Previsão de Tempo CPTEC/INPE

Parceiros Correio Bragantino News

Click aqui !!!
Rádio Ajuruteua transmitindo sua programação musical com qualidade sonora de 96 kbps AAC+. Click no banner e acesse o site da emissora

Crônicas & Opiniões

image
image
image
image
image
image
Click nos links para ler as crônicas

Sites de Rádios e Serviços Regionais

- Emissoras de Rádios AM e FM e serviços de Som da cidade de Bragança-Pará